Comunicação na Reforma da Previdência

12/02/2020 às 08:56


A propaganda sobre a reforma da previdência do governo Fátima Bezerra veiculada na mídia usa e abusa do medo como forma de pressão. Ao afirmar que sem a reforma da previdência os salários irão atrasar joga os servidores contra os dirigentes sindicais; empurra a sociedade contra a Assembleia Legislativa; impõe aos políticos uma única possibilidade: votar a favor. A comunicação governamental nada esclarece sobre a reforma e seus pontos nebulosos, só propaga o medo do atraso dos salários dos servidores. São pouco mais de 100 mil servidores ativos e inativos exigindo de 3,5 milhões de habitantes o sacrifício do não desenvolvimento econômico do RN. Ainda assim, o governo insufla o medo como forma de aprovar a mais drástica reforma previdenciária do Nordeste. Por isso, Guia Dantas está sendo vista como Goebbels de saias.

0 resposta para “Comunicação na Reforma da Previdência”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *
Publicidade Publicidade