População cobra reabertura do hospital regional de Canguaretama

02/05/2020 às 11:48


Fechado desde o ano passado pelo secretário Cipriano Maia, o hospital regional de Canguaretama no Agreste era um dos principais do estado. Hoje com quase 200 mil habitantes na região, um crescente número de casos suspeitos e de pessoas confirmadas por Covid-19, não existe outra unidade para garantir assistência a população desses municípios. Vereadores e prefeitos da região estão se organizando para cobrar do governo do estado, que o hospital seja reaberto e se transforme em uma opção para o tratamento de pacientes com o novo coronavírus. "O Hospital de Canguaretama precisa ser reaberto e ajudar no combate ao Covid-19. É inadmissível toda uma região ter que sofrer com deslocamento e distância dos familiares para ser atendida em Natal. Não podemos admitir que o Agreste, hoje com quase 200 mil habitantes fique sem uma unidade de referência para a Covid-19”, ressalta a presidente da Câmara Municipal de Canguaretama vereadora Irmã Lila. De acordo com o Boletim Epidemiológico desta sexta-feira (01), divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), a Região Agreste tem hoje 162 casos suspeitos, 66 casos confirmados, seis óbitos e dois sendo investigados. Dessas seis mortes, três foram em Canguaretema, que ainda tem 15 casos confirmados de Covid-19 e 25 casos suspeitos





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *








PERFIL

Gosta de comentar fatos do cotidiano do Brasil e do Estado nas suas redes sociais.

Jardim das Águas Jardim das Águas