Promotora afirma que decreto de Fátima que proíbe volta às aulas é ilegal, inconstitucional e discriminatório

08/04/2021 às 14:31

Promotora Gerliana Rocha, da Infância e da Juventude, afirmou que o decreto da governadora Fátima Bezerra que proibiu as aulas presenciais é ilegal e inconstitucional. 

Segundo a promotora, em entrevista ao Meio Dia RN, da 96 FM, afirmou ainda que é uma discriminação o Governo Fátima ter permitido o retorno de outras atividades, mas não a educação. Veja a entrevista completa: 


18 respostas para “Promotora afirma que decreto de Fátima que proíbe volta às aulas é ilegal, inconstitucional e discriminatório”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Acessar Enquete






PERFIL

Gosta de comentar fatos do cotidiano do Brasil e do Estado nas suas redes sociais.