Justiça mantém escolha de Bolsonaro para reitora da Ufersa

17/05/2021 às 19:56


A Justiça Federal do RN julgou improcedente ação popular impetrada pela Patricinha Bolivariana Natália Bonavides contra a escolha do presidente Bolsonaro para Ludimilla Carvalho Serafim de Oliveira ser a reitora da Ufersa.

Mais uma vez a justiça botou ordem na coisa e tratou de colocar a turma petista no seu devido lugar.

Ao que parece, eles realmente não aprendem a respeitar decisões.

Natália devia se preocupar mais é com sua reeleição ano que vem.

Parabéns para a reitora Ludimilla!






7 respostas para “Justiça mantém escolha de Bolsonaro para reitora da Ufersa”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *








PERFIL

Gosta de comentar fatos do cotidiano do Brasil e do Estado nas suas redes sociais.

Jardim das Águas Jardim das Águas