Justiça aponta "patrulhamento ideológico" do MPF e absolve reitora da UFERSA; Caso vai ao CNMP

12/01/2022 às 14:24


A reitora da Universidade Federal Rural do Semi-Árido, Ludimila Oliveira, foi absolvida pela 8ª Vara da Justiça Federal da acusação de ter praticado crime de ameaça contra a militante do PT, Ana Flávia Lira, em denúncia apresentada pelo Procurador da República Emanuel Melo. 

Além disso, o juiz Orlan Donato Rocha afirmou que “a presente ação penal, como um todo, retrata muito mais um patrulhamento ideológico sobre a ré do que um efetivo exercício de fiscalização da lei por parte do parquet denunciante, o que não é admissível e foge à competência do Poder Judiciário”.

Para completar, o magistrado declarou que “a questão do posicionamento ideológico em ações judiciais quanto ao membro do MPF denunciante, inclusive, está sob investigação dentro do âmbito do Conselho Nacional do Ministério Público”.

Bonito a gente observar a justiça sendo feita. A reitora Ludimila tem sido vítima da cambada petista, mas tem conseguido derrotar todos.






9 respostas para “Justiça aponta "patrulhamento ideológico" do MPF e absolve reitora da UFERSA; Caso vai ao CNMP”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *










PERFIL

Gosta de comentar fatos do cotidiano do Brasil e do Estado nas suas redes sociais.

Cuidare BR */ ?>