Como Antenor Roberto abalou as pretensões do Camarada Carlos

15/01/2022 às 08:27


Carlos Eduardo liderava nas pesquisas todos os cenários para senador. Já para governador em algumas pesquisas aparecia na frente da governadora Fátima Bezerra no 2° turno. 
Aí resolveu conversar com o elegante e risonho vice-governador Antenor Roberto.

Assim que terminou a conversa Antenor mudou logo o nome de Carlos Eduardo para Carlos, espalhou que ele iria para o PCdoB e jogou o nome de Carlos (agora Camarada) como o senador de Fátima Bezerra. 

O PT detestou a ideia, os aliados de Carlos Eduardo também, o MDB fez cara feia, resumindo, Carlos foi queimado nas labaredas esquerdistas. 

Com Walter sendo o vice de Fátima, a chapa fica congestionada para os Alves (sim, camarada Carlos é Alves). 

Com esse passo, Carlos Eduardo perdeu espaço e, principalmente, discurso para ser candidato ao governo contra Fátima. Ficou fragilizado. Mesmo assim, ainda pode recuperar o terreno perdido. 

A ideia do encontro com Antenor Roberto foi desastroso. Escolheu um político sem prestígio, votos e que é ridicularizado dentro do próprio grupo. 

É hora de Carlos Eduardo escolher o que quer, tomar posição e buscar o terreno que perdeu depois do encontro com Antenor. A continuar assim, não vai conseguir viabilizar sua candidatura nem ao governo e nem ao senado. 

O camarada Carlos foi um desastre político, é melhor voltar a ser Carlos Eduardo. 






1 resposta para “Como Antenor Roberto abalou as pretensões do Camarada Carlos”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *










PERFIL

Gosta de comentar fatos do cotidiano do Brasil e do Estado nas suas redes sociais.

Cuidare BR */ ?>