Tebet quer ir para o Ministério da Justiça, mas com uma condição

03/12/2023 às 04:52


Um dos nomes cotados para suceder Flávio Dino no Ministério da Justiça, a ministra do Planejamento, Simone Tebet (MDB), não esconde de aliados seu desejo de ser transferida para a pasta.

A emedebista, porém, tem colocado uma condição. Segundo aliados, Tebet gostaria que Lula separasse Justiça e Segurança Pública em dois ministérios diferentes e a nomeasse apenas como ministra da Justiça.

A avaliação de lideranças do MDB próximas a Tebet é de que a área de Segurança Pública é problemática e, por isso, tende a trazer desgastes para o futuro ministro que assumir a pasta.

De acordo com aliados, Tebet avalia ter o perfil para assumir o Ministério da Justiça. A emedebista é formada em Direito e já foi vice-governadora do Mato Grosso do Sul.

Tebet se movimenta
Diante da possibilidade de trocar de pasta, Tebet tem defendido publicamente a separação das atribuições do Ministério da Justiça e da Segurança Pública em duas pastas diferentes.

A ministra também tem feito questão de demonstrar interesse na área. Apesar de controlar o Ministério do Planejamento, ela planeja participar, na terça-feira (5/12), do lançamento da nova edição do Atlas da Violência.

Além de Tebet, há vários outros cotados para suceder Dino na Justiça. Entre eles, estão a presidente do PT, Gleisi Hofffmann, o ex-ministro do STF Ricardo Lewandowski e o advogado Marco Aurélio de Carvalho.

Igor Gadelha - Metrópoles

5 respostas para “Tebet quer ir para o Ministério da Justiça, mas com uma condição”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *
Publicidade Publicidade