Israel ataca Gaza após fim de trégua; ao menos 650 pessoas são feridas

03/12/2023 às 04:49


Ao menos 650 pessoas ficaram feridas em bombardeios aéreos e de artilharia israelenses por toda a Faixa de Gaza desde o fim da trégua entre Israel e o Hamas na noite de sexta-feira (1º/12), afirmam autoridades de saúde locais.

Casas do sul de Gaza foram atingidas e três mesquitas destruídas em Khan Younis, onde desalojados do norte têm se abrigado. A fumaça da destruição podia ser vista pelo céu da cidade.

Ataques aéreos israelenses também atingiram áreas próximas ao Hospital Nasser na manhã deste sábado (2/12). De acordo com o Ministério da Saúde de Gaza, pelo menos 193 palestinos foram mortos desde o fim da trégua.

Em Dubai, a vice-presidente dos Estados Unidos, Kamala Harris, disse que Israel tem o direito de se defender contra o Hamas, mas pediu respeito ao direito internacional e humanitário aos palestinos.

“Francamente, a escala do sofrimento civil e as imagens e vídeos provenientes de Gaza são devastadoras”, afirmou Harris em um encontro com jornalistas.

O governo de Israel prometeu acabar com o grupo extremista Hamas após o ataque de 7 de outubro que culminou na atual guerra.

Metrópoles

2 respostas para “Israel ataca Gaza após fim de trégua; ao menos 650 pessoas são feridas”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *
Publicidade Publicidade