Rosas di Maria 2
politica

‘Advogado ostentação’ tem registro na OAB suspenso por publicações nas redes sociais

O criminalista Marcos Vinicius Borges, conhecido como “advogado ostentação”, foi suspenso preventivamente pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) por conta do conteúdo publicado em suas redes sociais. A punição ficará vigente enquanto as publicações nas quais o advogado exibe bens, como carros, joias e passeios, estiverem em seu perfil.

Ao GLOBO, Borges afirma que não pretende apagar as publicações, uma vez que entende que a punição não estaria, segundo ele, de acordo com o provimento feito pela OAB recentemente, no qual a entidade passou a probir que os inscritos na instituição exibam bens de valores em suas redes sociais.

— Eu não vou tirar essas imagens. Para mim isso é inconstitucional, e eu só vou tirar essas imagens por ordem judicial. Eu não estou cometendo crime, e as imagens foram postadas antes do provimento da OAB, que não pode ultrapassar o estabelecido pela constituição — afirma Borges.

O advogado recebeu uma notificação solicitando que ele excluísse algumas de suas publicações em um prazo máximo de 24 horas. Ele afirma que ainda não teve acesso à decisão por completo e aguarda para decidir os seus próximos passos.

— A data das publicações que eles pedem para tirar é 2020, e o provimento é de 2021. A Constituição Federal é a nossa Carta Magna. Não vou [apagar publicações]. Não faz sentido. Não desrespeitando a OAB, mas, independente do tempo que eu ficar suspenso, se eles condicionarem minha suspensão à retirada, eu vou ser excluído, porque eu não vou retirar minhas postagens — defendeu.

Em 2021, a OAB definiu novas regras para as publicações em redes sociais em perfis de advogados, definindo que seria "permitido o marketing jurídico, desde que exercido de forma compatível com os preceitos éticos e respeitadas as limitações impostas pelo Estatuto da Advocacia, Regulamento Geral, Código de Ética e Disciplina e por este Provimento". Segundo a decisão, "a publicidade profissional deve ter caráter meramente informativo e primar pela discrição e sobriedade, não podendo configurar captação de clientela ou mercantilização da profissão".

Casos polêmicos
Responsável pela defesa de um dos acusados por uma chacina que deixou sete mortos em um bar em Sinop, no Mato Grosso, Borges já havia sido alvo de um processo disciplinar instaurado pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) por “conteúdo publicado nas redes sociais”. Segundo Jorge Jaudy, presidente do Tribunal de Ética e Disciplina da OAB-MT, já foram tomadas “providências pertinentes no âmbito ético-disciplinar, cuja tramitação se dá em sigilo, nos termos do Art. 72 § 2º do Estatuto da Advocacia”.

Na nota que confirmou o procedimento, a entidade afirma que “permite que o marketing jurídico seja exercido de forma compatível com os preceitos éticos, respeitadas as limitações impostas pelo Estatuto da Advocacia, Regulamento Geral e Código de Ética e Disciplina”.

A decisão, porém, destaca que “o Provimento também impõe vedações, de modo a proibir a captação de clientela ou mercantilização da profissão, exigindo, ainda, que quaisquer informações atinentes ao exercício da profissão sejam realizadas sempre com discrição e sobriedade, sem ostentação”.

“A OAB/MT tomou conhecimento acerca do conteúdo publicado nas redes sociais do advogado Marcos Vinícius Borges, já tendo adotado as providências pertinentes no âmbito ético-disciplinar, cuja tramitação se dá em sigilo”, afirmou Jaudy.

Relembre a chacina em MT
As mortes teriam acontecido depois que Ezequias Souza Ribeiro e Edgar Ricardo de Oliveira perderam uma partida de sinuca em um bar, no Bairro Jardim Lisboa, em Sinop, a 504 km de Cuiabá, na tarde do último dia 28. De acordo a polícia, frequentadores "zoaram" os dois por terem perdido o jogo.

Segundo a polícia, testemunhas contaram que os dois estavam jogando sinuca com as vítimas e teriam perdido mais de R$ 4 mil. Em seguida, o grupo teria "zombando" dos dois suspeitos, Edgar Ricardo de Oliveira, de 30 anos, e Ezequias Souza Ribeiro, de 27, que deixaram o local. De acordo com o delegado Braúlio Junqueira, não era a primeira vez que o grupo organizava partida de sinuca com apostas em dinheiro.

Câmeras de segurança do estabelecimento registraram o retorno ao local. Eles chegaram em uma camionete branca. Um deles, de camisa azul, entra no bar com uma pistola 380 e o outro, de camisa listrada, chega com uma espingarda calibre 12. Ainda segundo a polícia, o suspeito que estava com a pistola colocou todas as vítimas em uma parede. Já outro, entra no estabelecimento fazendo disparos contra o grupo junto com o parceiro que estava com a pistola.

O Globo

400x400 (2).gif CUIDARE - DEPOIS DO POST orathoria - depois do post Humanas Junho 2024 96 - FM - depois do post

2 comentários para "‘Advogado ostentação’ tem registro na OAB suspenso por publicações nas redes sociais"

Deixe uma resposta para essa notícia

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

/1000.


Posts relacionados

Anuncie com a gente Documento com valores para anúncio

Mais lidas

  1. 1

    [VÍDEO] EXCLUSIVO: Sobrinho confessa ter matado a tia em Capim Macio

  2. 2

    Filho de Lula xinga Janja em mensagem no WhatsApp; veja print

  3. 3

    Aos 93 anos, Silvio Santos é internado em São Paulo

  4. 4

    Confusão grande com a turma da ASSEN vai parar na Justiça

  5. 5

    [VIDEO] Assassino frio: Jovem que matou própria tia estava dormindo tranquilo quando a Polícia chegou

TRANFERENCIA 640x170.png