Desaconselhar audiência para o Round 6 causa acusação absurda de homofobia ao Salesiano

14/10/2021 às 06:35


A série Round 6 tem a classificação indicativa recomendada para maiores de 16 anos, por causa do conteúdo bastante violento, mas está sendo bastante assistido por crianças e adolescentes menores, o que causa uma preocupação de escolas tradicionais, como Salesiano e Neves. As duas instituições, inclusive, já até entraram em contato com os pais de alunos para desaconselhar que os filhos deles assistam a série. 

Contudo, no caso do Salesiano, a nota divulgada causou polêmica por citar que os conteúdos são “completamente inapropriados para crianças” e inclui a “homossexualidade” entre os temas complexos abordados pela produção. Pronto. Foi suficiente para classificarem o colégio como "homofóbico". Tentam desviar uma preocupação lógica de uma instituição tradicional do País, com uma discussão que parece até ser política. 

A rede de escolas destaca que a série tem “pesadas cenas que chocam os espectadores com episódios de extrema violência”, o que contrasta, segundo o Salesiano, com a necessidade de os jovens conviverem “em ambientes de respeito, fraternidade, dignidade e paz”. O colégio manifesta preocupação com o fato de que, na série, os jogos envolvidos são justamente infantis.

“Outra orientação de cuidado é que as crianças e os adolescentes (que) quiserem assistir, que sejam acompanhados dos pais e/ou responsáveis, e que se promovam diálogos educativos, em vista da formação da consciência moral e social”, conclui o texto.






8 respostas para “Desaconselhar audiência para o Round 6 causa acusação absurda de homofobia ao Salesiano”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *








PERFIL

Gosta de comentar fatos do cotidiano do Brasil e do Estado nas suas redes sociais.

Jardim das Águas Jardim das Águas